Mick Jagger não cede suíte a George W. Bush

Mick Jagger se recusou a ceder ao presidente norte-americano, George W. Bush, sua suíte em um luxuoso hotel de Viena. A comitiva de Bush queria reservar o primeiro andar do Imperial Hotel para um encontro internacional que acontecerá em junho. A data da reunião coincide com um show da banda Rolling Stones.Jagger e seus companheiros reservaram a suíte, que custou 5500 euros, somente um dia antes de Bush ter entrado em contato com o hotel. A banda se recusou a ceder o quarto, então George W. Bush dormirá em outro hotel, que será mantido em sigilo por razões de segurança.Os Rolling Stones fizeram um show histórico, parte da turnê A Bigger Bang, na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, para mais de um milhão de pessoas, em 18 de fevereiro. Depois de passarem por Xangai, em show polêmico pelo alto preço das entradas e também por limitações impostas pela censura chinesa, que proibiu a banda de cantar músicas que fazem alusões ao sexo e às drogas, os Rolling Stones se apresentaram na Austrália e na Nova Zelândia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.