Michael Jackson recebeu US$ 1 milhão por entrevista

O cantor Michael Jackson recebeu US$1 milhão pela entrevista que deu ao programa 60 Minutos, darede CBS News. A entrevista foi ao ar no domingo. A remuneraçãoé parte de um acordo maior que estava em andamento há um ano einclui também um especial de entretenimento que irá ao ar nasexta-feira. As informações foram divulgadas por uma pessoa quetrabalha com Michael e não quer se identificar. Um porta-voz do 60 Minutos negou que o cantor tenha recebidodinheiro pela entrevista. "A CBS News não paga por entrevistas."Mas o informante da equipe de Michael diz que o pagamento daentrevista foi parte de um acordo original de US$ 5 milhõesentre o cantor e a CBS. A rede de televisão já teria adiantadooutros US$ 1,5 milhão para Michael. O pacote incluía a produçãode um especial com o cantor. Por causa da prisão de Michael, os planos originais foramalterados. O cantor é acusado de ter molestado sexualmentevárias crianças. Com o escândalo, uma nova rodada de negociaçãoentre Michael e a CBS foi feita. Nessa etapa, ficou decidido queo cantor receberia mais US$ 1 milhão pela entrevista ao 60Minutos. Dessa forma, a CBS teria uma oportunidade de veicular,em seguida, o especial com o cantor. "Eles pagaram Michael pela entrevista, mas não com recursos do60 Minutos", disse o sócio do cantor. "Michael foi pago comverba de entretenimento da CBS. Nesse caso, a rede pode dizerque o 60 Minutos não pagou Michael." Ainda não está claro quantoo cantor vai receber ao todo. Policiais vão descrever em detalhes como eles prenderamMichael. O cantor reclamou que teve um de seus ombros deslocadosquando o algemaram. Mas o departamento de polícia garante que "ocantor foi tratado com cortesia e professionalismo durante todoo processo de prisão".

Agencia Estado,

31 de dezembro de 2003 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.