Michael Jackson ganha prazo para pagar multa

As autoridades da Califórnia concederam mais um dia para que Michael Jackson pague uma multa de US$ 100 mil e US$ 306 mil em salários aos seus funcionários do rancho Neverland.O Departamento de Relações Industriais do Estado da Califórnia disse que Michael foi informado que o prazo para pagar a multa se estendeu por mais um dia. Dezenas de empregados de Neverland se queixaram de que até o dia 19 de dezembro ainda não haviam recebido seu salário.Se Michael não pagar a multa e os salários poderá enfrentar um processo por parte do Estado. O astro pop já não reside em Neverland. Desde o ano passado, depois de ter sido absolvido das acusações de corrupção de menores, passa a maior parte de seu tempo no Bahrein.Não houve resposta a um telefonema feito ao porta-voz do cantor, Raymone K. Bain. A porta-voz do Departamento de Relações Industriais ReneeBacchini disse que a decisão de prolongar o prazo foi tomada após pedido de seus representantes financeiros.Segundo Bacchini, os representantes do artista disseram que "estavam tentando obter o dinheiro".O rancho de 1.040 hectares no condado de Santa Barbara permanece fechado após determinação da Justiça na semana passada. Os funcionários receberam também a ordem de deixar de trabalhar após a descoberta de que não estavam recebendo os salários e o seguro contra acidentes obrigatório por lei. Neste caso, Jackson também enfrenta uma multa de US$ 69 mil, mas tem prazo de 30 dias para apelar contra a sanção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.