Michael Jackson é premiado por campanha contra aids

Michael Jackson recebeu ontem em Washington, na embaixada da Etiópia, um prêmio por seu apoio a campanhas contra a aids na África. O troféu, um elefante dourado, foi dado por uma associação de cônjuges de embaixadores africanos. "Para mim é muito importante ajudar a levantar fundos para nosso continente irmão", disse o cantor. Um coral de crianças cantou sua Heal the World no evento.A homenagem faz parte de uma visita de três dias à capital americana. Enquanto isso, do outro lado do país, em Santa Barbara, Califórnia, seus advogados se preparam participam hoje de uma audiência preliminar que pode decidir se há ou não evidências suficientes para o processo. O pop star não foi convocado. A audiência, contudo, pode ser ofuscada por outro procedimento jurídico, a apresentação de testemunhas a um júri, feita pelo promotor Tom Sneddon. Se os jurados encontrarem evidências suficientes, sua decisão deve prevalecer sobre o resultado da audiência.

Agencia Estado,

02 de abril de 2004 | 15h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.