Michael Jackson convidado para cantar orações

O astro pop Michael Jackson, que foi recentemente acusado de abusar sexualmente um menor de 13 anos e absolvido pelo júri, foi agora convidado pela Igreja Católica Apostólica Romana para cantar orações do falecido Papa João Paulo II, segundo anunciou o site Imdb.com. Outros artistas fariam participações especiais no CD que irá homenagear o antigo Papa, mas Michael é um dos principais nomes sondados. "Nós esperávamos que a proposta que fizemos para Michael Jackson permanecesse em segredo até que o cantor tivesse uma resposta. É lamentável que tudo isso tenha vindo à tona antes do tempo", disse o padre Giuseppe Moscati, da Millenium Music Society, especializada em músicas de igreja e responsável pelos eventos musicais que ocorrem no Vaticano.O padre insiste que o fato de Michael ter sido acusado de pedofilia não faz dele um candidato com menos mérito. E acrescenta: "Ele foi considerado inocente. Michael Jackson está muito interessado em nosso projeto, vamos ver no que dá". Giuseppe Moscati esclareceu que o projeto ainda precisa ser aprovado pelo Vaticano.

Agencia Estado,

08 de fevereiro de 2006 | 11h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.