México se despede de Consuelo Velázquez

O corpo da compositora mexicanaConsuelo Velázquez, autora de Bésame Mucho, morta no último sábado, aos 84 anos, foi velado hoje no Palácio de Belas Artes da capital, onde recebeu diversas homenagens.Quando chegou ao palácio, o caixão da compositora de canções, como Que Seas Feliz e Yo No Fui, foi aplaudido e recebido com uma interpretação de Bésame Mucho.Consuelito Velázquez, como era conhecida no México, morreu no sábado devido a problemas cardiovasculares, depois de passar várias semanas internada.Segundo familiares, o corpo de Consuelo será cremado e as cinzas serão depositadas hoje na igreja de São Tomás Moro, que ela freqüentava.

Agencia Estado,

24 de janeiro de 2005 | 12h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.