Metheny lança CD e incrementa banda

Trinta e quatro anos e dez discosdepois, Pat Metheny e sua banda parecem ainda ter algo a dizer.Speaking of Now, seu novo álbum, chega às lojas brasileirasem fevereiro, apresentando os três novos músicos do grupo,"novas caras que nos deram o alimento para colocar em práticanovas idéias", diz o veterano Metheny em entrevista portelefone à reportagem. "Os três, há muito tempo, queriam trabalhar com a bandae quando nos conhecemos percebemos logo que uma colaboraçãopoderia ser bastante interessante." O primeiro dos três éAntonio Sanchez, baterista mexicano que Metheny conheceu háalguns anos durante uma turnê e define como o "ideal para o somque fazemos". "É um dos músicos mais talentosos de sua geraçãoe sua visão ampla da música possibilita a ele explorar um maiornúmero de possibilidades em termos de harmonia e dinâmica." Pat, Lyle e Steve, no entanto, não pararam por aí econtinuaram atrás de novos membros que pudessem colaborar com um"sentimento de que as possibilidades eram totalmenteilimitadas". E, após buscas por novos talentos em gravações eclubes perdidos em meio a Nova York, Metheny virou-se a JoeZawinul, percussionista de Camarões, em busca de conselhos epossíveis indicações. Para tornar curta uma longa história,Zawinul, segundo Metheny, "convidou-se" para uma audição com ogrupo, na qual também mostrou suas habilidades de cantor,interpretando alguns dos antigos sucessos do grupo. "Só a idéiade escrever para ele ou Antonio já era o suficiente para nosdeixar totalmente entusiasmados, repletos de inspiração." A terceira, e última, nova adição ao grupo foidescoberta acidentalmente, quando Metheny ouvia uma transmissãode rádio pela Internet e se encantou com o som, "umacombinaçãao de trompete, baixo e bateria que acabava comqualquer definição preconcebida do que supostamente seria ojazz". Restava apenas ir atrás de Cuong Vu, anunciado pelolocutor da estação. Tarefa que não seria nada fácil, uma vez que conta Metheny, "não sabia nem se isso era um grupo ou uma sópessoa". Era um trompetista sobre o qual Metheny e sua bandaconseguiram informações em clubes no centro de Nova York, "quesempre apostam em músicos que estão buscando expandir os limitesdo jazz". Vietnamita que imigrou para os Estados Unidos poucosanos após a Guerra do Vietnã, Cuong Vu foi encontrado, porauxílio da lista telefônica, em um pequeno apartamento noBrooklin, "um bom local para um jovem músico morar". Entre oprimeiro encontro e o convite para se unir à banda, Metheny teveainda a chance de ouvir um disco de Vu, no qual ele tambémcantava, "usando a voz de um modo simplesmente incrível". Clique - Como ocorreu nos encontros com Sanchez eZawinul, Metheny afirma que ouvir Vu provocou um "clique", umasensação de que a banda, unindo-se ao talento daqueles músicos,poderia ir além do que andava fazendo, em muitos sentidos. E éisso, segundo ele, que define Speaking of Now. Para ele, o álbum não redefine "nada" em relação aocaminho que a banda percorreu ao longo de seus mais de 30 anos."Nossa história é quase que de amor. Não paramos, jogamos forae recomeçamos. Nosso som é sempre resultado da adição de novasexperiências, uma destilação, nunca deixando nada de lado, masdamos novas formas àquilo que fizemos anteriormente." A forma é um dos pontos centrais, segundo Metheny, dotrabalho do grupo. "O modo como trabalhamos exige que nosperguntemos constantemente diferentes questões com relação àforma. O fato de que algumas faixas chegam a dez minutos deduração mostra a abordagem ambiciosa do grupo nesse sentido." O trabalho de composição das músicas para Speaking ofNow começaram em maio de 2001 e duraram três semanas, duranteas quais Metheny pôs no papel "algumas idéias antigas e outrasque simplesmente foram surgindo no contato com os outrosintegrantes do grupo". "Não há um jeito certo de compor; paramim, o fundamental é a rotina. Mas, a cada álbum, percebo quefica mais difícil, meus parâmetros estão cada vez mais altos. Asensação, porém, de ter encontrado significado naquilo que vocêestá fazendo ainda é única."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.