Mesmo com proibição, ambulantes vendem bebida alcoólica na Virada Cultural

Neste ano, a fiscalização é maior em relação aos "vinhos químicos", com 96% de álcool na composição

João Luiz Sampaio, O Estado de S. Paulo

05 de maio de 2012 | 21h00

Apesar da proibição da venda de bebidas alcoólicas durante a Virada Cultural, em São Paulo, ambulantes ofereciam cerveja desde o começo do evento no palco montado no Vale do Anhangabaú.

A medida acontece desde 2011, quando mais de mil guardas-civis metropolitanos e 2 mil policiais militares além de fazerem a segurança da Virada, atuavam na fiscalização.

Neste ano, a Prefeitura prometeu uma fiscalização mais dura em relação aos "vinhos químicos" que, segundo o Instituto Adolpho Lutz, que analisou a bebida, possui 96% de álcool em sua composição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.