Mercedes Sosa e Maria Rita se apresentam juntas em SP

Milton Nascimento e Elis Regina(1945-1982) são dois pontos de convergência entre as cantorasMaria Rita e Mercedes Sosa, que dividem o palco do CredicardHall, em show único nesta quarta-feira, 4. Cada uma vai fazer sua parte,mas também prepararam alguns duetos. O roteiro da novatabrasileira, de 30 anos, é baseado em seu álbum mais recente,Segundo. A veterana argentina, de 71 anos, também dará ênfaseaos temas de seu último trabalho, Corazón Libre, de 2005.Canções de Milton e do repertório de Elis (mãe de Maria Rita ecom quem Mercedes tinha relações amistosas e artísticas) tambémfazem parte do roteiro. A relação de ambas com Milton é tão forte quanto à queElis tinha com ele. Foi o compositor mineiro quem levou MariaRita a estrear em disco, gravando com ele no álbum Pietà, de2002. Milton é o compositor brasileiro mais gravado por Mercedes que chegou a excursionar com ele e León Gieco, nos anos 80,cantando clássicos da música de protesto, como Cuando Tenga laTierra (D.Toro/A.Petrocelli) e San Vicente (MiltonNascimento/Fernando Brant). Os ideais políticos, no auge daditadura, uniram Milton, Elis e Mercedes nos anos 70, que têm emcomum no repertório canções do argentino Atahualpa Yupanqui e achilena Violeta Parra. Intérprete emocional e de grande impacto,Mercedes tornou-se "a voz" da América Latina naquele período. Exilada em Paris nos tempos difíceis, a cantoraargentina fez um show histórico na volta ao país natal, em 1979.Um dos marcos de seu canto de resistência, Como la Cigarra(María Elena Walsh), assinalou seu retorno em versos como:"Tantas veces me mataron/ Tantas veces me morí/ Sin embargoestoy aquí resucitando." Mais livre do que nos anos de chumbo, Mercedes chegou agravar os tangos clássicos El Día Que me Quieras e LosMareados. Abraçou a nova geração nos álbuns mais recentes, masnunca deixa de cantar autores como Armando Tejada Gómez e ArielRamirez, dois dos que mais gravou. Mercedes estreitou tanto asrelações artísticas com o Brasil, que chegou a gravar um álbumao vivo aqui. Sua discografia também inclui um compacto simplescom San Vicente de um lado e Cio da Terra (ChicoBuarque/Milton Nascimento) de outro. Mercedes Sosa e Maria Rita. Credicard Hall (3.800 lug.). Av.Nações Unidas, 17.955, tel. (11) 6846-6010. Hoje, 21h30. R$ 60a R$ 160. Ingressos esgotados

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.