Mel C anuncia sua saída das Spice Girls

Parece que o grupo britânico de maior sucesso desde os Beatles chegou ao fim. Melanie Chisholm, a Sporty Spice das Spice Girls, disse ontem em entrevista para a Reuters que não pretende trabalhar mais com a banda e vai concentrar seus esforços em sua carreira-solo."Eu não estou confortável em fazer parte das Spice Girls há pelo menos dois anos", disse ela para a agência de notícias. "Eu cresci, sinto que tenho de fazer as coisas da minha maneira e não ceder mais." Mel C, considerada a melhor voz do grupo, completou que sempre vai ser "uma Spice Girl". Ela também falou do fim da banda. "Nós fomos um fenômeno muito grande e não há mais onde ir com isto. Era uma questão de sacrificar nossas vidas para manter o sucesso ou apenas ser sinceras com nós mesmas. Fomos honestas e queremos seguir em carreiras-solo."As Spice Girls - Sporty, Baby (Emma Bunton), Scary (Melanie Brown), Ginger (Geri Halliwell) e Posh (Victoria Beckham) - surgiram em 1995 com o bordão de Girl Power. Elas despontaram em todo o mundo com os hits Wannabe e Say You´ll Be There. Em seis anos de carreira, foram mais de 38 milhões de discos vendidos em todo o mundo, sobretudo de seus dois trabalhos iniciais, Spice Girls e Spice World (este rendeu até um filme homônimo). O terceiro disco do grupo, Forever, lançado em novembro, tem sido um fracasso mundial, até na Grã-Bretanha. Este foi o primeiro trabalho delas desde a saída de Ginger Spice em 1998.O porta-voz das Spice Girls, Alan Edwards, disse que o grupo não acabou. Ele garante que Mel C não deixou a banda e que as Spice Girls ainda têm um longo futuro pela frente. "O que ela disse é que não tem planos imediatos", afirmou ele para a BBC. "Tudo foi exagerado até a conclusão de que a banda acabou, mas isto não é verdade. Todas elas estão atrás de seus projetos-solo, mas as Spice Girls ainda existem".Mel C, de 27 anos, começa no dia 29 uma turnê pela América do Norte para promover seu disco-solo Northern Star (lançado em 1999). O álbum, o de maior sucesso entre os trabalhos-solo das integrantes da banda, já teve 2,5 milhões de unidades vendidas no mundo inteiro, mas tem feito pouco sucesso nos Estados Unidos. Seu single atual é I Turn to You. Depois de terminar a perna européia de sua turnê em maio, ela pretende voltar ao estúdio para gravar um novo disco, que seria lançado em setembro de 2002. Como Northern Star, o novo álbum deve misturar pop, rock e R&B. A produção deve ser novamente de Rick Nowels, Phil Thornalley e Marius De Vries. Em novembro, outro comentário de Mel C também anunciou o fim das Spice Girls. Ela disse em um programa de TV que estava com sorte desde que tinha saído da banda. Logo depois, ela negou que tenha feito tal afirmação. A cantora já teve duas canções no topo da parada britânica de singles e quatro entre os top 10.Mel C enfrentou vários problemas no ano passado, especialmente depressão e distúrbios alimentares. Ela ganhou peso e o apelido de "Sumô Spice". Seus problemas com a balança e alegações de que é lésbica (que ela nega) foram estampados várias vezes nas capas de tablóides britânicos. Atualmente, ela diz que está melhor por conta de muita terapia e alguns anti-depressivos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.