McCartney teve o melhor 2002 do showbiz

Graças à sua turnê pelos Estados Unidos, Paul McCartney é o artista que mais ganhou dinheiro em 2002 em todo o mundo, US$ 72 milhões, segundo a revista Rolling Stone. O bolso para lá de cheio do ex-beatle já o colocou no topo de listas semelhantes, como a da revista inglesa Heat, que listou os britânicos mais ricos do showbiz, e a americana People, em lista recente na qual McCartney também está no topo.A fortuna ganha por Sir Paul no ano passado é bem superior à aquilatada pelos Rolling Stones, que ficaram em segundo lugar com US$ 44 milhões. A banda deve seus milhões principalmente ao público americano, que lotou vários shows da turnê 40 Licks, comemoração de 40 anos dos Stones nos EUA. Com fracas vendas de disco, a Dave Matthews Band chegou em terceiro na lista da Rolling Stone. A banda faturou US$ 31,3 milhões em 2002 também graças aos shows que apresentou.A lista dos 50 músicos e bandas que mais ganharam dinheiro no ano passado vai ser publicada pela Rolling Stone em 14 de março, mais foi antecipada pela BBC. E traz surpresas. A primeira delas é o declínio do U2. A lista referente ao ano de 2001 trazia a banda irlandesa em primeiríssimo lugar, com US$ 62 milhões ganhos naquele ano. Mas os últimos 12 meses foram o bastante para tirar Bono e companhia da lista. O motivo: o U2 lançou apenas uma coletânea em 2002, e não fez turnê.Ozzy Osbourbne e sua família também são surpresa na lista. Eles entraram na lista já no décimo lugar. Tudo porque a série de TV Os Osbournes se tornou uma sensação nos Estados Unidos. Outro corpo estranho da lista é Mariah Carrey, oitavo lugar por ter ganho US$ 30 milhões da gravadora EMI pela rescisão de seu contrato. E Elvis Presley, que mesmo morto há 25 anos rendeu o suficiente para ficar na 12ª posição, graças à coletânea Elv1s e à trilha de Lilo & Stitch.

Agencia Estado,

13 de março de 2003 | 19h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.