McCartney proíbe entrada de ex-mulher em casa, diz jornal

Paul McCartney, que enfrenta um processo de divórcio de Heather Mills, está tão bravo com a ex-mulher que decidiu proibir sua entrada em sua mansão localizada em East Sussex, no sul da Inglaterra, e entregar a filha dos dois, Beatrice, através de um helicóptero, segundo informa nesta quarta-feira o jornal inglês "Daily Mirror".Heather, de 38 anos, que pretende obter aproximadamente US$ 450 milhões da fortuna pessoal do músico, teria ficado furiosa com a decisão de McCartney. "Paul deixou claro que não a quer por perto quando vier buscar a filha dos dois", afirmou ao "Daily Mirror" uma fonte próxima, acrescentando que o ex-Beatle costuma sair da mansão no momento em que Heather vai buscar a filha. Segundo a ex-modelo, o músico "poderia tornar a vida da menina mais fácil". Em meio ao processo de separação, McCartney acusa Heather de possuir um "comportamento irracional", enquanto ela diz que o ex-Beatle era "um marido controlador". Heather, que teria rejeitado uma oferta de US$ 60 milhões de McCartney, contratou o advogado que defendeu a princesa Diana em seu divórcio, Anthony "Genius" Julios. A advogada de McCartney, por sua vez, é Fiona Shackleton, contratada pelo príncipe Charles.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.