McCartney oferece mais de US$ 48 milhões para ex-mulher

O ex-Beatle Paul McCartney aceitou pagar mais de US$ 48 milhões (R$ 100 milhões) à ex-mulher, Heather Mills, segundo o tablóide britânico The Sun. Trata-se de uma soma inferior à esperada, de acordo com o jornal, e representa apenas uma fração da fortuna do músico, avaliada em US$ 1,5 bilhões (R$ 2,7 bilhões). Os advogados de McCartney e Heather mantiveram, nos últimos dias, frenéticas negociações para tentar chegar a um acordo que satisfaça ambos.O músico deu instruções a seus advogados para que evitem que o divórcio - após quatro anos de união - termine nos tribunais.Em documentos vazados à imprensa, a ex-modelo Heather, de 39 anos, acusou McCartney, de 64 anos, de tê-la ferido com um vidro e golpeado quando estava grávida.Discrição "(Paul) está totalmente decidido a manter sua privacidade. O processo de divórcio se arrasta há nove meses e começa a se perceber o cansaço", disse ao tablóide uma fonte próxima ao músico."É a primeira vez que se fala de um compromisso, e as partes confiam em que haverá acordo", disse essa fonte, segundo a qual "a menos que surja um obstáculo de última hora, o assunto não irá aos tribunais".Acredita-se que, além do dinheiro que será pago a Heather, a filha do casal, Beatrice, de 3 anos, se beneficiará de um fundo fiduciário.Os advogados de Heather e o porta-voz do músico se negaram a fazer comentários sobre o estado das negociações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.