McCartney e Ringo em estradas diferentes

O ex-Beatle Paul McCartney pode baixar o volume de seu próximo show em Roma, no Coliseu, para não incomodar o sono do mais ilustre vizinho, o papa João Paulo II. A turnê européia de Paul McCartney começou em Paris na semana passada. O show conta com várias músicas dos Beatles. Enquanto isso, seu ex-companheiro de banda, o baterista Ringo Starr, lança sua mais recente produção musical, o disco Ringo Rama. McCartney pode também se abster de tocar as canções mais pesadas de seu repertório, como Back in The U.S.S.R e Live and Let Die. Ele deve se apresentar na capital italiana em maio. ?Fomos advertidos por autoridades italianas de que o show poderia manter o papa acordado durante toda a noite?, disse o promotor Barrie Marshall. ?Obviamente, não queremos causar nenhum tipo de ofensa ou insônia a sua santidade e por isso, devido à proximidade do Coliseu com o Vaticano, estamos considerando nossa posição de interpretar canções de rock pesado em alto volume?, disse. Já Ringo Star, com sua banda All-Starr, lançou no último dia 25 seu novo disco, Ringo Rama e tem uma turnê agendada para julho nos Estados Unidos. O álbum traz Ringo cantando e, logicamente, tocando bateria. O principal destaque de Ringo Rama é a música Never Without You, homenagem póstuma a George Harrison. Para gravar a canção, o baterista chamou apenas amigos de Harrison. "Nesta faixa eu queria apenas pessoas que George conhecia e amava", disse o ex-Beatle. Entre os amigos de Harrison que se juntaram a Ringo na homenagem está o mago da guitarra Eric Clapton. Ringo Rama tem um time de primeira linha dando melodia aos batuques de Ringo Starr. Além de Clapton, colaboram no disco o guitarrista do Pink Floyd, David Gilmour, o baixista do Eagles, Timothy Schmit, e o músico country Willie Nelson. O novo disco vem compensar uma fase de perdas na vida de Ringo Starr. Sua primeira mulher, Maureen, morreu em 1995. Três anos depois, foi a vez de Linda McCartney, mulher de Paul de quem era amigo, e, em 2001, Ringo perdeu seu companheiro George Harrison. Bem resolvido com o passado de Beatle, Ringo Starr diz ter aprendido a apreciar o lado simples da vida. E, ao mesmo tempo em que agendou uma intensa turnê de três meses pelos Estados Unidos começando em julho, reserva um pouco de seu tempo para pintar, escrever, comprar flores e cuidar de um jardim com sua esposa, a atriz Barbara Bach. "Cuido para que as coisas não descontrolem minha vida. Não tento controlar o mundo. Penso que acordar de manhã é o que há de mais importante".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.