Mary J. Blige domina paradas de R&B de 2006

2006 foi um ano marcado por fortes reviravoltas nas vendas de disco e de um grande revezamento na liderança das paradas da Billboard 200. Apesar de o R&B (rhythm and blues) e o hip-hop não terem tido um domínio tão grande entre os dez mais da lista como nos últimos anos, os dois gêneros ainda geraram boas notícias. Se 2005 foi o ano de Mariah Carey, 2006 foi definitivamente o de Mary J. Blige. Blige domina a parada de álbuns de R&B/Hip-Hop do ano todo com The Breakthrough, além de liderar a lista das melhores músicas de R&B/Hip-Hop com Be Without You. Ela também aparece entre as dez mais da mesma lista com Enough Cryin. Tudo isso lhe garantiu o quinto posto no ranking Top Billboard 200 Albums. A lista dos melhores álbuns do ano só tem, além de Blige, outro artista de R&B/Hip-Hop entre seus dez líderes. O outro é Eminem, com o álbum Curtain Call: The Hits. Mariah Carey ficou em 11.º Lugar, com The Emancipation of Mimi. Outro veterano que mostrou serviço em 2006 foi Lionel Richie. Unindo-se ao duo norueguês Stargate, Richie conseguiu ficar entre os dez mais da parada de R&B pela primeira vez em uma década, com a música I Call It Love. O ídolo adolescente Chris Brown também colecionou conquistas. Além de boas colocações nas paradas de R&B, ele liderou os rankins de Melhor Artista, Melhor Artista Masculino e Melhor Revelação. Outra surpresa foi o surgimento do cantor Ne-Yo, que colocou três singles na lista final de melhores músicas de R&B e Hip-Hop de 2006. O rapper T.I., de Atlanta, parecia que ia obter ótimas posições com seu álbum King, mas ficou apenas em 21.º lugar na Billboard 200 - o primeiro rapper depois de Eminem (6.º lugar). O outro único rapper entre os 40 melhores da Billboard 200 é Chamillionaire, no 34.º lugar com The Sound of Revenge, Beyoncé ficou em 38.º, com B´Day. Vários desses discos deram a impressão de que iam obter colocações melhores pelas vendas das primeiras semanas após o lançamento, mas a sensação não se concretizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.