Mark Knopfler volta mais intimista

O quinto disco solo de Mark Knopfler, mais conhecido como "o guitarrista do Dire Straits", não dá saudades de sua antiga banda. The Ragpicker´s Dream é um álbum mais artesanal, intimista, com um estilo diferente do arena-rock que tornou o Dire Straits famoso na década de 1980.Com uma sonoridade mais folk e um vocal que chega até a lembrar o cantor Nick Cave, Knopfler está mais sóbrio. Ele até abandonou o visual carequinha-cool - com faixas na cabeça e munhequeiras bem coloridas - e assumiu o lado inglês. O resultado é seu melhor disco desde a trilha sonora de Wag the Dog, filme de 1998.A coisa mais importante, porém, continua igual: o som aveludado de sua guitarra, onde não existe o atrito das cordas de aço com a palheta. A razão é simples: ele continua tocando com os dedos. Ainda bem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.