Marisa Monte leva "Memórias, Crônicas e Declarações de Amor" a BH

O badalado espetáculo Memórias, Crônicas e Declarações de Amor, de Marisa Monte, estréia hoje em Belo Horizonte, no Palácio das Artes, onde fica até domingo. Serão cinco apresentações do show baseado no CD homônimo, que já vendeu mais de 500 mil cópias.Além de canções do último CD, como o hit Amor I Love You, Marisa canta os antigos sucessos Eu Sei e Beija Eu e sambas como Para Ver as Meninas e Gotas de Luar. No show - em que não falta ecletismo - também Eu Te Amo... Eu Te Amo...Eu Te Amo, de Roberto e Erasmo Carlos, Arrepio, de Carlinhos Brown, e O Que Me Importa, de Cury (originalmente gravada por Tim Maia, em 1972). Os cenários são do escultor Ernesto Neto e a iluminação do americano Patrick Woodroffe. Entre os músicos que acompanham a cantora estão o guitarrista Davi Moraes, filho de Moraes Moreira, o baixista Dadi (de A Cor do Som) e o baterista Marcelo Costa, que atuou na banda de Caetano Veloso e tocou com o japonês Ryuichi Sakamoto. Na percussão, o espetáculo traz os baianos Orlando Costa, Leonardo Reis e Peu Meurrahy. O cavaquinho está entregue ao portelense Mauro Diniz, e os teclados a Carlos Trilha, dos discos de Renato Russo. Antoine Midani cuida da sonorização. O show já passou pelo sul do Brasil, Rio e São Paulo. Nos próximos oito meses, percorre o Brasil e cidades do exterior, como Amsterdã, Londres, Zurique, Marselha e Nova York.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.