Mário Lago foi um colaborador ?corajoso e inestimável?, diz Lula

O candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, divulgou hoje nota na qual lamenta a morte do ator, compositor e militante político Mário Lago, que morreu no início da noite de ontem, no Rio de Janeiro, aos 90 anos, de insuficiência respiratória. Lula afirma que o PT perdeu "um colaborador corajoso e inestimável" . Mário Lago foi um comunista convicto e militou no PCB por cerca de 50 anos."A vida de Mário Lago foi um exemplo de plena humanidade. O Brasil cultural, o Brasil cidadão, o Brasil solidário perdem um dos seus filhos mais diletos. Eu perco um amigo e companheiro de quem só recebi apreço e lealdade", afirmou Lula. Lago participou das campanhas presidenciais petistas em 1989 e 1998. Na última, foi âncora do programa eleitoral gratuito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.