Marido de Amy Winehouse escreve livro para ajudá-la

Blake Fielder-Civil, preso no começo deste mês, está preocupado com saúde mental de sua esposa

ANSA,

29 de novembro de 2007 | 15h26

O marido da cantora britânica Amy Winehouse, o produtor de vídeos Blake Fielder-Civil, começou a escrever na prisão um livro para ajudar a estrela do blues a sobreviver sem ele.   Fielder-Civil, de 25 anos, preso no começo deste mês na penitenciária de Pentonville, em Londres, por obstruir o curso da Justiça no decorrer de um processo contra ele por agressão, estava tão preocupado com a saúde mental de sua esposa que decidiu escrever um livro para motivá-la.   Georgette, a mãe da jovem, declarou que o livro "busca fazer com que Amy sinta que eles ainda estão juntos e pensando um no outro todos os dias".   "Blake acredita que se Amy pensar um pouquinho nele todos os dias, terá forças para trabalhar, ir adiante e se levantar da cama cada manhã", disse a mulher.   Amy Winehouse, autora de músicas de sucesso como Rehab, Back to Black e Stronger than Me, cancelou na quarta-feira, 28, o resto de seus shows até o fim do ano no Reino Unido, alegando o fato de seu marido estar na prisão.

Tudo o que sabemos sobre:
Amy Winehouse

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.