Marcos Valle inicia, com Celso Fonseca, série do CCBB

O compositor Marcos Valle abre hoje a série Música Popular Brasileira Contemporânea, do Centro Cultural Banco do Brasil, recebendo Celso Fonseca como convidado. Ligados pela bossa nova, Valle e Fonseca são daqueles artistas brasileiros que se projetaram internacionalmente, fazendo contato do samba sofisticado com a modernidade pop. A idéia da série, que vai ocorrer às terças-feiras no CCBB, é reunir músicos que tenham esse perfil, além da afinidade de estilo. Expoente da última fase da bossa nova, Valle teve a maioria de seus discos mais recentes lançados antes no exterior. No ano passado, o compositor inverteu a situação, produzindo Jet-Samba, um CD todo instrumental (o segundo do gênero em sua longa carreira) no Brasil. É com base nesse repertório que Valle tem excursionado com sua banda. Fonseca, que também está habituado à veiculação de seus discos primeiro no exterior, participa do show cantando e tocando guitarra. Nas próximas terças-feiras o projeto vai reunir a dupla Kiko Klaus (pernambucano) e Carlos Jaramillo (colombiano) com Fred 04, líder do mundo livre s.a., no dia 18. A carioca Paula Morelenbaum recebe o paulista Chico Pinheiro no dia 25. A bossa eletrônica toma conta do show de encerramento, no dia 2 de maio, com Bossacucanova e Clara Moreno. Música Popular Brasileira Contemporânea. Centro Cultural Banco do Brasil. Av. Álvares Penteado, 112, 3113-3651. 3.ª, 13 h e 19h30. R$ 6.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.