Marcelo Bratke vai do erudito ao jazz no Teatro Alfa

Os pianistas Marcelo Bratke eJulian Joseph apresentam amanhã no Teatro Alfa o espetáculoLinhas Imaginárias, que une o jazz e a música erudita a partirde autores do século 20. O recital é o primeiro de uma série detrês, que continua na sexta e no sábado, na qual Bratke divide opalco com outros artistas com quem tem trabalhado recentemente:a soprano Rosana Lamosa e a pianista Marcella Roggeri. "É um espetáculo que vai de Stravinski a TheloniousMonk", explica Bratke. "Em muitos casos esta ´linhaimaginária´ a que nos referimos pode significar divisão, mas,para nós, é uma linha de comunicação", completa, reafirmandouma das principais marcas de seu trabalho, que é romper com oque ele chama de "fronteiras imaginárias" e que tornam amúsica erudita hermética demais. O programa começa com as Três Peças para Dois Pianosde Igor Stravinski. Na seqüência, a Sonata n.º 2, de FrancisPoulenc, a Scaramouche, de Darius Milhaud, e TrêsPrelúdios, de George Gershwin. Na segunda parte, SinglePetal of Rose, de Duke Ellington, Armando´s Rhumba, deChick Corea, Waltz for Debby, de Bill Evans, e Off Minor de Thelonious Monk. "Julian me ensinou a tocar jazz e eu o ensinei a tocara música erudita", brinca Bratke, que gravou ao lado doimportante jazzista britânico um disco que, com o mesmo nome doespetáculo, mantém o interesse na busca pela união da músicaerudita com outras formas de manifestação artística. "Nossotrabalho tem como única intenção encontrar paralelos entre osdois estilos", diz Joseph. E completa: "Quando tocamos jazz,queremos que soe como jazz, e o mesmo ocorre com a músicaerudita. Neste sentido, tenho me espelhado em Marcelo, evice-versa." Canções de Schubert - O recital de sexta tem como temaSchubert, de quem serão interpretadas 15 canções (com RosanaLamosa acompanhada por Bratke) e duas peças para dois pianos, emque o pianista será acompanhado por Marcella Roggeri. O trio volta a se encontrar no sábado, quando interpretapeças para piano e canções da música americana de autores comoGershwin e Copland, entre elas uma verão para dois pianos dasDanças Sinfônicas de West Side Story, de Leonard Bernstein,e Billy the Kid, de Copland, peça que faz parte do CDdedicado à música dos Estados Unidos, lançado recentemente porBratke e Marcella.Marcelo Bratke e Convidados - Amanhã, sexta e sábado, às 21 horas. De R$ 45,00 a R$ 110,00. Teatro Alfa. Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, São Paulo, tel.: 5693-4000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.