Maratona musical do "Live 8" começa no Japão

Começou em Tóquio às 2 horas, horário de Brasília, o primeiro dos dez concertos do Live 8, maratona internacional de música que pretende chamar a atenção dos países mais ricos para a situação de pobreza na África. O G-8, grupo dos oito países industrializados, incluindo a Rússia, estará reunido quarta-feira, na Escócia. A cantora islandesa Bjork, a banda inglesa McFly e a americana Good Charlotte se apresentam no concerto japonês.Além do Japão, os concertos acontecem também em Londres, Roma, Berlim, Moscou, Filadélfia, Johannesburgo, na cidade canadense de Barrie, na costa britânica da Cornuália e, na quarta-feira, em Edimburgo, Escócia. Mais de 160 bandas e artistas devem se apresentar.Após Tóquio, o próximo show acontece na África do Sul, que contará com a presença de 4Peace Ensemble e Jabu Khanyile. Na Alemanha, o público deve ver Green Day, Chris De Burgh e Roxy Music. James Brown, Dido, The Cure e Craig David se apresentam no Palácio de Versalhes, em Paris.O show no Hyde Park, em Londres, começa às 14 horas (10h de Brasília). Se espera a presença de cerca de 200 mil pessoas para testemunhar a volta do Pink Floyd e as apresentações de U2, REM, Madonna e Coldplay, entre outros.Meia hora depois de Londres, o Coliseu romano será o palco onde Duran Duran, Laura Pausini e Zucchero se apresentam. O canadense Bryan Adams participa do evento em seu país. O show em Moscou contará com a presença dos Pet Shop Boys enquanto que a versão americana terá Steve Wonder, Destiny´s Child, Jay-Z e Kanye West.O cantor senegalês Youssou N´Dour se apresentará em três palcos, em Londres, Paris e na Cornualha.EFE e BBC Brasil.com

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.