Manuscrito de 'Like A Rolling Stone' é vendido por US$ 2 milhões

Leilão incluiu itens dos Beatles, Rolling Stones e Elvis Presley

Reuters

24 Junho 2014 | 15h51

O manuscrito da letra de Like A Rolling Stone, de Bob Dylan, foi vendido por pouco mais de 2 milhões de dólares nesta terça-feira em um leilão de curiosidades do mundo do rock and roll da casa Sotheby's, que incluiu itens dos Beatles, dos Rolling Stones e de Elvis Presley.

O valor do texto anotado da canção, considerada uma das mais influentes no pós-guerra, faz dele o mais caro de uma composição de rock vendido em um leilão.

A cifra quebrou o recorde anterior de 2010, quando o manuscrito de A Day in the Life, de John Lennon, a última faixa do álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, de 1967, foi arrematado por 1,2 milhão de dólares, de acordo com a Sotheby's.

O manuscrito de A Hard Rain's A-Gonna Fall, também de Dylan, obteve 485 mil dólares na primeira venda da Sotheby's em mais de uma década dedicada à história da música.

Os 150 lotes do leilão, cujos preços variaram de estimados 200-300 dólares aos mais de 2 milhões de dólares pagos pela composição à mão de Dylan, vieram de colecionadores e pessoas que trabalharam na indústria da música.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Bob Dylan Like A Rolling Stone

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.