Manuscrito de Lennon pode bater recorde em leilão

Dinheiro não compra o amor. Mas algumas centenas de milhares de libras podem comprar um pouco da história dos Beatles. Uma coleção de relíquias de John Lennon avaliada por leiloeiros em 1,2 milhão de libras (R$ 5,1 milhões) será vendida hoje em Londres.A venda inclui pinturas da juventude, manuscritos com letras de músicas, casacos, óculos e até mesmo móveis da casa do falecido Beatle. Os itens mais valiosos foram guardados por mais de 25 anos por um colecionador norte-americano que não quis se identificar.A casa de leilões Cooper Owen, especializada em relíquias de música e cinema, diz que esta é "a mais definitiva coleção de relíquias de John Lennon já organizada". O principal item do leilão é o manuscrito com a letra de All You Need is Love, jogado for apor Lennon após a última apresentação dos Beatles na TV em 1967 e estimado em 500 mil ou 600 mil libras (entre R$ 2,1 milhões e R$ 2,55 milhões).O diretor da Cooper Owen, Ted Owen, disse que o manuscrito era "o Santa Graal das letras dos Beatles". Se vendido pelo preço estimado, o item quebrará o recorde de um manuscrito de música, disse Owen."Ele é provavelmente uma das poucas letras de músicas dos Beatles que continua nas mãos de colecionadores particulares e um dos mais importantes manuscritos musicais existentes", disse Owen. "Era o hino dos movimentos de paz... O hino de 1967". A venda inclui outros objetos que se destacam na história dos anos 1960. Há o órgão Vox Continental que Lennon tocou no famoso show dos Beatles no Shea Stadium, em Nova York, em 1965, estimado em R$ 850 mil.A túnica de integrante da banda militar da 1.ª Guerra Mundial, usada por Lennon para posar para a revista Life, em 1966 - e uma possível inspiração para o visual da banda na capa de Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band - foi avaliada em pelo menos 100 mil libras (R$ 425 mil).A colcha da cama de Lennon e Yoko Ono com a mensagem "all you need is love" (tudo de que você precisa é amor), teve valor estimado em 30 mil libras (R$ 127,5 mil).Ao mesmo tempo que as relíquias dos Beatles são algumas das mais cobiçadas por colecionadores de rock, leilões passados decepcionaram. No ano passado, um autógrafo que Lennon deu pouco antes de ser assassinado na porta do prédio que morava em Manhattan, em 1980, não alcançou o preço mínimo de 82 mil libras (R$ 348,6 mil) em um leilão da Cooper Owen.Mas Pete Nash, especialista em relíquias e membro do Fã Clube dos Beatles, disse que muitos dos objetos que serão leiloados hoje são especiais. "São coisas adoráveis", disse Nash. Ele disse que os itens mais caros, fora do alcance da maioria dos colecionadores dos Beatles, iriam para "alguns 20 colecionadores no mundo". Para ele, objetos como as letras de All You Need is Love valiam cada centavo.

Agencia Estado,

28 de julho de 2005 | 15h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.