Manuscrito de Beethoven é leiloado por US$ 2 milhões

Manuscritos originais de Beethoven foram leiloados hoje em Londres por cerca de US$ 2 milhões. Trata-se da partitura do movimento scherzo de seu Quarteto para Cordas em Mi Bemol - opus 127. A peça é uma das cinco que Beethoven compôs em seus últimos três anos de vida, após concluir a Nona Sinfonia. O comprador dos manuscritos, que os arrematou por telefone, não quis se identificar. Embora o milionário lance final tenha superado a estimativa original, de US$ 1,6 milhão, não chegou a alcançar a mais alta expectativa da casa de leilões Sotheby´s, que previa propostas acima de US$ 2,5 milhões. Em maio, o manuscrito da Nona foi arrematado por US$ 3,6 milhões.O Quarteto em Mi Bemol foi escrito entre 1824 e 25, por encomenda da Corte russa. O compositor se comprometeu a fazer três peças, mas a inspiração o levou produzir cinco. Destes, Quarteto em Mi Bemo foi o primeiro a ser concluído, e o único pelo qual Beethoven foi pago. Após sua morte, movimentos da obra foram distribuídos entre várias pessoas. Em 1973, o scherzo acabou com uma fundação em Estocolmo, que agora o vendeu para garantir condições de preservar o resto de seu acervo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.