Mano Brown passa a noite na cadeia, em São Paulo

O músico, rapper e líder do grupo Racionais MC´s, Mano Brown, foi encaminhado ao 92º DistritoPolicial, na zona sul de São Paulo, por negar-se a parar o veículo que estava dirigindo, na noite desta terça-feira. O rapper estava acompanhado de um colega que carregava restos de um cigarro de maconha no bolso da jaqueta. PMs desconfiaram da dupla durante um patrulhamento na Estrada de Itapecerica e ordenaram a parada do carro. Brown fugiu por vários quarteirões e só resolveu parar o veículo na porta de seu condomínio, na mesma avenida. O músico e seu colega foram levados para a delegacia, onde ficaram mais de seis horas. Brown teve de assinar um termo circunstanciado de resistência à ordem de parada da polícia. O senador Eduardo Suplicy esteve no distrito policial durante a madrugada para dar apoio moral ao músico e disse que Mano Brown não incentiva o uso da maconha e, muito pelo contrário, faz campanha contra. Integrantes do Racionais MC´s chegaram a ameçar equipes de TV que estiveram no local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.