AP Photo/Leslie Kossoff
AP Photo/Leslie Kossoff

Mais 11 mulheres acusam o tenor Plácido Domingo de assédio

Uma mulher relatou que, em 1999, o atual diretor-geral da Ópera de Los Angeles segurou seu o peito com firmeza sob o roupão no camarim

Redação, Ansa

05 de setembro de 2019 | 11h13

Outras 11 mulheres acusam a lenda do tenor Plácido Domingo de assédio. Os depoimentos foram coletados mais uma vez pela agência de imprensa americana Associated Press (AP), na qual as mulheres contaram como o cantor e maestro as ameaçara e as perseguira com comportamento inapropriado.

Uma mulher relatou que, em 1999, o atual diretor-geral da Ópera de Los Angeles segurou seu peito com firmeza sob o roupão no camarim, enquanto outras contavam sobre contatos indesejados ou tentativas de beijá-las.

Vários funcionários dos bastidores também relataram à AP como tentaram proteger as meninas de Domingo enquanto os administradores olhavam para o outro lado, até a temporada 2016-2017 da Ópera de Los Angeles.

Em um comunicado, o porta-voz do cantor chamou as alegações de "cheias de inconsistências", mas não deu detalhes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.