Maestro austríaco rege concertos da Osesp

Ex-aluno de Herbert von Karajan, o maestro austríaco Theodor Guschlbauer rege os concertos desta semana da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, que também recebe o pianista húngaro Deszö Ranki. Outro destaque dos concertos desta semana é a presença do violinista alemão Leon Spierer, que atua como spalla da orquestra, cargo que ocupou durante 20 anos na Filarmônica de Berlim.Abre o programa o Concerto n.º 2 para Piano, de Bela Bartók. Composta em 1934, a obra exige do intérprete grande virtuosismo, uma vez que o compositor faz uso de estéticas e estilos bastante diversos. Boa oportunidade para ver de perto o talento de Ranki, que possui um vasto repertório, da música barroca à contemporânea. O pianista tem, cada vez mais, alcançado espaço em salas de concerto em todo o mundo e em gravações - em especial de obras de compositores como Mozart, Schumann e Debussy. Além disso, ele é grande intérprete de Bártok e de outro importante compositor húngaro, Kurtag.Na seqüência, a orquestra executa, pela primeira vez, uma obra de Anton Bruckner. A escolhida foi a Sinfonia n.º 6 em Lá Maior WAB 106. Para compor suas sinfonias, o compositor buscou inspiração formal nas obras similares de Beethoven assim como a forte influência de Richard Wagner - a quem pedia conselhos e sugestões relacionadas ao seu trabalho -, pode ser percebida no modo de orquestração das peças.Finalizada em 1881, a Sinfonia n.º 6 é bastante expressiva no que diz respeito à aceitação da sociedade musical da época à obra do compositor. Ao mesmo tempo que alguns compositores o rechaçavam - como Brahms, pelo respeito que nutria por Wagner -, a Filarmônica de Viena relutava em executar suas obras e, quando o fazia, os maestros cortavam e alteravam a estrutura da sinfonia. No caso da peça que a Osesp interpreta esta semana, foi apenas em 1889 que o público vienense pôde ouvi-la na íntegra, regida por Gustav Mahler. Antes disso, em 1883, Wilhelm Jahn havia aceitado apenas reger o segundo e o terceiro movimentos.Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Amanhã (24), às 21 horas; sábado, às 16h30. De R$ 10,00 a R$ 30,00. Sala São Paulo. Praça Júlio Prestes, s/n.º, tel. 3337-5414.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.