Madonna: ´Vocês estão prontos para mudar história?´

Um dos grandes nomes esperados no show Live 8 em Londres era Madonna, que se apresentou com uma africana que foi um dos símbolos da campanha de solidariedade de 20 anos atrás."Vocês estão prontos para começar uma revolução? Vocês estão prontos para mudar a história? Eu disse, vocês estão prontos?", repetiu Madonna, junto com a cantora, Birhan Woldu, de 24 anos, que nasceu na Etiópia e era uma das crianças famintas que estavam no filme do concerto original, Live Aid, em 1985.Líderes mundiais, como o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, e o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela se juntaram a artistas nos concertos pelo mundo da campanha Live 8."Isso é uma verdadeira ONU. O mundo todo se reuniu em solidariedade aos pobres", disse Annan no show em Londres. "Em nome dos pobres, dos que não têm voz, dos fracos, eu digo obrigado a vocês."Os shows da campanha Live 8 estão em andamento em Filadélfia, Paris, Johanesburgo, Roma, Berlim, Moscou e Barrie, no Canadá, além do concerto em Londres, o maior deles.´Oportunidade histórica´Em Johanesburgo, Mandela disse que os líderes do G-8 (grupo dos sete países mais ricos do mundo e a Rússia) têm "uma oportunidade histórica de abrir a porta para a esperança e para a possibilidade de um futuro melhor para todos"."Queremos ação. Vocês têm poder de impedir um genocídio contra a humanidade. Nós estamos de pé e esperamos sua direção."Na Filadélfia, o ator Will Smith fez a ligação, ao vivo, entre todos os concertos do Live 8.Em Londres, o líder do U2, Bono, e Paul McCartney abriram principal concerto da campanha Live 8 no Hyde Park para um público estimado em 200 mil pessoas.A apresentação foi aberta com as palavras "It was 20 years ago..." (há 20 anos...), da música Sgt Pepper´s Lonely Hearts Club Band e uma referência ao Band Aid de 1985.O Live 8 tem o objetivo declarado de pressionar os líderes do G8 a aumentar a ajuda à África. Entre os artistas que se apresentaram no Live 8 em Londres estão Coldplay, Elton John, REM, Dido, Annie Lennox, a banda Keane, Stereophonics e Madonna.Bill GatesO fundador da Microsoft, Bill Gates, se juntou a Bob Geldof, um dos organizadores do Live 8, no palco, para dar seu apoio à iniciativa."Este é o nosso momento, este é o nosso tempo, esta é a nossa chance de nos levantar pelo que é justo", disse Bono na abertura do show londrino. "Nós não estamos buscando caridade, o que buscamos é justiça."Mais de 160 bandas e artistas devem se apresentar nos dez concertos mundo afora.Mais de 100 mil pessoas também saíram às ruas de Edimburgo na Escócia para mostrar apoio à campanha Make Poverty History, algo como "Deixe a Pobreza na História". veja as fotos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.