Madonna passa horas com menina em orfanato do Maláui

Madonna passou diversas horas em companhia de uma menina do Malauí, Grace, de 3 anos. A criança mora no Home of Hope, o mesmo orfanato onde vivia David Banda, de 1 ano e meio, o menino que a cantora está adotando. Madonna, que desembarcou no País com David e a filha mais velha, Lourdes Maria, de 9 anos, nega pretender adotar Grace, mas trouxe, no entanto, os mesmos médicos que observaram David antes que ele deixasse o Maláui para examinar a menina. A cantora de 48 anos havia notado Grace pela primeira vez em um vídeo que a convidava a visitar o orfanato, e teria se apaixonado imediatamente pela menina, abandonada pelos pais quando tinha 3 meses. A cantora foi na quinta-feira ao orfanato encontrar a criança, acompanhada por David. "No início havia 11 crianças, depois todos foram embora e só continuaram Madonna e Grace. Madonna conversou e brincou com ela por mais de 15 minutos. Elas pareciam felizes, e David brincava com os óculos de sol dela", disse um funcionário do orfanato. Apesar do interesse que a cantora demonstrou pela menina, não se sabe de nenhum pedido de adoção formalmente apresentado até agora. "Madonna já teria contatado alguém no ministério para realizar a adoção, mas ninguém foi abordado", disse Anrina Mchiela, alto funcionário do governo do Malauí. ´Ajudar a si mesmas´ Ainda na quinta-feira, a pop star dançou com crianças do orfanato e as incentivou a "ajudar a si mesmas", em lugar de depender dela. A cantora percorreu todo o orfanato, que custou US$ 120 mil, abriga 4 mil órfãos e que ela mesma ajudou a financiar.Cercada por crianças, dançou ao som de música malauiana, acompanhada pelo batuque de tambores tradicionais, enquanto funcionários e moradores do vilarejo cantavam: "Madonna, obrigada por vir.""Esta é uma parceria. Não cabe a mim fazer tudo. Precisamos trabalhar juntos, e vocês precisam ajudar a vocês mesmos", disse Madonna aos órfãos, adultos do vilarejo local e funcionários do orfanato.A Aids já matou milhões de pessoas no Maláui, deixando mais de 1 milhão de crianças órfãs no país.A organização humanitária Raising Malawi, co-fundada por Madonna, fornece alimentação, educação e saúde a 32 mil órfãos no país do sul da África, por meio de sete organizações de base comunitária.Adoção de DavidA visita ao Maláui acontece seis meses depois que a estrela e seu marido, o cineasta Guy Ritchie, assinaram documentos de adoção interina de David, que vai ficar com o casal por 18 meses até o governo do país decidir se autoriza a adoção permanente.Grupos de defesa dos direitos humanos acusam Madonna de usar sua fama e riqueza para desviar-se das normas de adoção do país, mas a cantora vem insistindo que está obedecendo às leis.A porta-voz de Madonna negou relatos da mídia segundo os quais a estrela americana teria a intenção de adotar um segundo filho e disse que, nesta viagem, a cantora está se dedicando apenas ao trabalho humanitário.A visita ao orfanato, na quinta-feira, encerrou a visita de três dias de Madonna ao Maláui. De acordo com fontes, em algum momento o filho adotivo da diva, David Banda, se encontrou com seu pai biológico, segundo testemunhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.