Madonna não virá mais ao Brasil

As negociações do empresário Luiz Carlos Niemeyer para trazer Madonna a São Paulo e Rio de Janeiro não deram certo. Na última quinta-feira, a imprensa noticiou que a cantora estenderia sua turnê para a América Latina e faria dois shows no País. No dia seguinte, a assessoria de imprensa do empresário divulgou nota negando a conclusão das negociações: "tendo em vista as notas e matérias que saíram nos últimos dias assegurando a vinda de Madonna ao Brasil, Luiz Oscar Niemeyer, da Planmusic Entretenimento, gostaria de esclarecer que as negociações ainda não foram concluídas".Hoje, a mesma assessoria divulga outra nota comunicando que Madonna não virá mais:"O Empresário Luiz Oscar Niemeyer, da Planmusic Entretenimento, comunica que recebeu na manhã desta 2.ª feira (26/06) comunicado dos representantes da cantora Madonna no exterior informando que, por problemas na agenda pessoal da artista, ela não mais estenderá Confessions Tour para a América do Sul, inviabilizando sua passagem pelo Brasil. Com isso, as negociações para possíveis shows no país estão suspensas".Rolling Stones e U2A Planmusic, que trouxe os Rolling Stones para tocar na praia de Copacabana, em 18 de fevereiro e logo em seguida, nos dias 20 e 21, lotou o estádio do Morumbi com shows da banda irlandesa U2, cuja venda de ingressos foi a mais conturbada da história do show biz nacional, não teve sucesso na nova empreitada de trazer o show que a maioria dos paulistanos espera ver: Madonna.O show que abriu a turnê aconteceu em 21 de maio, em Los Angeles, nos Estados Unidos, com estrondoso sucesso. Até o dia 22 de julho, Madonna vai passar por outras 12 cidades dos Estados Unidos e Canadá. Nesta semana a pop star faz shows em Nova York, no Madison Square Garden. A turnê européia começa no estádio Cardiff, no País de Gales, no dia 30 de julho. Em 16 e 20 de setembro, a cantora faz shows em Osaka e Tóquio, respectivamente. Há rumores de que Madonna também vai se apresentar na Rússia, em Israel, na Turquia e na República Checa.Matéria alterada às 14h00

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.