Madonna não chega a Santiago e estica estada em Buenos Aires

Em vez de desembarcar hoje pela manhã no Chile ela preferiu ficar mais um dia na Argentina, após festança

Da Redação,

10 de dezembro de 2008 | 16h14

"Madonna era a figura mais esperada do dia e não chegou", diz o site do El Mercurio. O jornal afirma que seus produtores haviam previsto sua chegada nesta quarta, 10, a Santiago, mas que ela preferiu descansar um dia a mais em Buenos Aires, após uma longa noite de festa. Ela deveria ter chegado a Santiago a bordo de seu gigantesco Boeing 737 particular. Madonna só chegou à tarde.       Veja também: Enviado especial conta que diva usa fones de diamantes  Especial: A controversa Madonna  Sem barracas, fãs de Madonna permanecem no Morumbi   Segundo o El Mercurio, há informações de que ela não viria mais com seus três filhos e que em vez de se hospedar no Nacional vai ocupar a suíte presidencial do Hotel Grand Hyatt. A cantora é esperada para a passagem de som duas horas antes do show desta noite.   Uma equipe de cem pessoas aterrissou às 15 horas na cidade em um vôo da LAN proveniente de Buenos Aires, entre eles técnicos, músicos e bailarinos que só disseram "aproveitem o show", diante da pressão da imprensa. Chegou também à cidade uma comitiva de diretores da Live Nation, a empresa norte-americana responsável pela turnê e Fernando 'aíto' de la Rúa, um dos três filhos do ex-presidente argentino de mesmo nome e irmão de Antonio de la Rúa, noivo da cantora colombiana Shakira, que também tem contrato com a Live Nation, segundo o jornal.   O Coliseo de Ñuñoa recebe os últimos preparativos para o show desta noite, desde que chegaram ontem da Argentina dois aviões 747 com o equipamento. Cerca de 70 mil pessoas deverão assistir ao show. Lá os fãs também tiveram problemas com a polícia, que um dia antes do show dispersou aqueles que já estavam em fila para garantir um bom lugar.   Centenas de fãs passaram quase três dias nas imediações do estádio à espera do primeiro show. A polícia inicialmente proibiu que eles pernoitacem ali, mas aceitou sua permanência após se organizarem e instalarem banheiros portáteis e mantivessem a ordem da via pública.  A polícia permitiu aos cerca de 400 fãs que passassem a noite em uma área dentro do estádio.

Tudo o que sabemos sobre:
Madonna

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.