Madonna luta por privacidade em sua fazenda

A cantora Madonna e seu marido, o cineasta Guy Ritchie, iniciaram uma batalha judicial contra uma nova lei inglesa que permite livre acesso a qualquer pessoa a terras abertas, consideradas áreas de passagem, na Inglaterra. Os advogados de Madonna argumentaram hoje que não pode ser permitido a transeuntes livre acesso à fazenda do casal, que fica em Wilthsire, sul da Inglaterra e vale US$ 11 milhões, uma vez que isso ameaçaria a privacidade da família. Para eles, permitir acesso público a sua propriedade infringiria seus direitos humanos por violar sua privacidade. O advogado David Elvin disse que o casal está contestando que 17 lotes de terra sejam considerados pela Agência de Zona Rural como terra aberta. A agência governamental decidiu que 40 dos 480 hectares de terra do casal deviam ser considerados passagem pública. Segundo Elvin, a agência concordou que cinco das áreas contestadas foram erroneamente classificadas mas as outras 12 ainda deveriam ser discutidas. Stephen Pasterfield, representante da agência, negou qualquer quebra na convenção e disse que não pode haver exceções para famosos. ?Não há restrição ou exceção especificamente para evitar acesso público a terras de pessoas que, por algum talento especial, tenham ficado famosas?, disse. Madonna e Ritchie não foram à audiência de hoje, mas representantes da Agência de Zona Rural iriam fazer um passeio pela propriedade do casal ainda hoje. A averiguação deve durar cinco dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.