Madonna ganha processo contra tablóide britânico

Fotos do casamento de Madonna com Guy Ritchie em 2000 foram roubadas e publicadas pelo 'Mail on Sunday'

AP,

08 de dezembro de 2008 | 17h15

Madonna ganhou nesta segunda-feira, 8, um processo contra um tablóide britânico acusado de violar seus direitos de privacidade ao publicar fotos de seu casamento em 2000 com Guy Ritchie.   A rainha do pop norte-americana, que alega que um decorador de interiores roubou as fotos de sua casa em Beverly Hills, na Califórnia, quer que a editora do jornal Mail on Sunday lhe pague US$ 7,5 milhões.   O juiz David Eady falou a seu favor nesta segunda, mas adiou a decisão sobre a compensação até o ano que vem. A cantora e o cineasta britânico, que obtiveram recentemente um decreto preliminar de divórcio, se casaram em 22 de dezembro de 2000 em um castelo escocês.   Nenhuma foto do casamento foi publicada até o dia 19 de outubro, quando 11 imagens apareceram no Mail on Sunday, disse Matthew Nicklin, um advogado que representa Madonna.   "Fizeram uma emboscada pela simples razão de que, se o Mail on Sunday tivesse dito quais eram os seus planos, Madonna teria procurado e conseguido uma ordem judicial para detê-los", assinalou Nicklin. Segundo o advogado, o jornal pagou US$ 7,5 mil pelas fotos. A Associated Newspapers, que publica o Mail on Sunday, não emitiu comentários sobre a decisão da corte de imediato.   Nicklin disse que o fotógrafo Jean-Baptiste Mondino tirou as únicas fotos do casamento e as deu a Madonna como um presente. A cantora as colocou em um álbum que manteve na privacidade de sua casa. O designer de interiores Robert Joseph Wilber, acrescentou o advogado, "obteve clandestinamente acesso ao álbum e copiou pelo menos 26 fotografias".   As imagens "essencialmente roubadas pelo sr. Wilber", foram vendidas ao Mail on Sunday por uma mulher de Los Angeles identificada como Bonnie Robinson em 15 de outubro, disse Nicklin.   Apesar de ter reconhecido as acusações, o jornal não emitiu nenhum pedido de desculpas a Madonna. Madonna e Ritchie, que conseguiram o decreto preliminar de divórcio em 21 de novembro, estarão formalmente separados no início de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.