Madonna fecha turnê mundial com show em Israel

Rainha do pop homenageia no palco Michael Jackson, a quem define como o melhor artista de todos os tempos

EFE,

02 de setembro de 2009 | 16h58

Madonna fecha com chave de ouro sua turnê mundial Sticky & Sweet, com dois show em Tel Aviv, um nesta quarta, 2, e outro amanhã.

 

O Parque Yarkon, em Tel Aviv, reuniu hoje entre 60 mil e 70 mil fãs da diva, segundo fontes policiais disseram à Agência Efe, embora as lotação não tenha se esgotado. Ao redor do show, que durou duas horas, havia uma forte presença policial.

 

Com a atuação desta noite e outra prevista para amanhã, no mesmo local, Madonna fechará com chave de outro sua turnê mundial, que passou pelos palcos da Europa, Estados Unidos e América Latina, incluindo o Brasil, para promover seu álbum de estúdio mais recente, intitulado "Hard Candy".

 

A decisão de última hora de incluir uma parada final em Israel parece ter sido motivada pela aproximação de Madonna ao misticismo judaico.

 

No entanto, a cantora não atuava em Israel há 16 anos, quando fez um show no país pela primeira vez, durante a turnê The Girlie Show.

 

Como se tornou habitual na turnê Sticky & Sweet, Madonna homenageou o rei do pop Michael Jackon, que morreu em 25 de junho, a quem definiu como o melhor artista de todos os tempos, e foi acompanhada por um dançarino que realizou seu famoso passo "moonwalk", ao som de Billie Jean.

Tudo o que sabemos sobre:
Madonna

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.