Madonna faz estréia nervosa em palco londrino

Quinze anos depois de aparecer naBroadway e dez anos após a controvérsia do livro Sex, Madonna coloca mais uma vez a cara para bater estreando a peça Up For Grabs, do australiano David Williamson, em Londres. A primeiraapresentação do espetáculo, realizada ontem, não teve a presençaoficial de jornalistas - o que não impediu que a diva pop ganhasse as páginas da imprensa mundial.No palco, Madonna vive uma marchand que acaba seenvolvendo com uma amiga. Não faltam as cenas de beijo e momentos picantes. Conforme o tablóide The Sun, os ingressos, originalmente vendidos a cerca de R$ 130, estavam sendo negociados a R$ 700.Alguns dos privilegiados espectadores comentaram que a cantora entrou bastante nervosa em cena, melhorando ao longo do espetáculo. Um crítico do Evening Standard, que conseguiu assistir àpeça, confirmou o nervosismo de Madonna e sublinhou sua "voz fraca". "Mas ela fez tudo direitinho", ressalvou.A BBC entrevistou algumas das pessoas que assistiram aoespetáculo e a reação quanto à performance da cantora, apesar das ressalvas, foi boa. Embora seu nervosismo tenha sido notado, houve quem esperasse "um trabalho muito pior".Madonna, que teve sua atuação elogiada em Procura-se SusanDesesperadamente, de 1995, não conseguiu agradar à crítica - e mesmo assim só parte dela - até Evita, de 1996, que chegou a render um Globo de Ouro de melhor atriz.Depois da temporada de dez semanas no teatro, que estréiaoficialmente no dia 23, ela poderá ser vista novamente nastelas em Love, Sex, Drugs & Money, dirigida por seu marido, Guy Ritchie. A temporada de teatro londrina está concorrida: além deMadonna, estrelam espetáculos na cidade Gwyneth Paltrow, MattDamon, Casey Affleck e Summer Phoenix.

Agencia Estado,

14 de maio de 2002 | 12h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.