Madonna encerra passagem pelo Chile e se prepara para o Brasil

Cantora americana surpreendeu o público cantando na passagem de som, quatro horas antes do show

Efe,

12 de dezembro de 2008 | 04h10

A rainha do pop Madonna encerrou nesta quinta-feira a etapa chilena de sua turnê "Sticky & Sweet", e agora se prepara para os shows que fará no Rio de Janeiro e em São Paulo. A cantora se apresentou pela segunda vez em dois dias no Estádio Nacional de Santiago, reunindo cerca de 150 mil pessoas em sua passagem pelo Chile. Veja também:Madonna encanta público em sua 1ª apresentação no ChileFila para ver Madonna no Morumbi tem donoSem barracas, fãs de Madonna permanecem no MorumbiMadonna não chega a Santiago e estica estada em Buenos AiresFãs acampam em frente ao estádio do Morumbi para show de MadonnaEspecial: A controversa Madonna Madonna chega a Buenos Aires com comitiva de 220 pessoas Assim como na noite de quarta-feira, a rainha do pop mesclou em seu repertório músicas do novo álbum, "Hard Candy", com hits como "Into the Grove", "Vogue" e "Like a Prayer", para o delírio das cerca de 75 mil pessoas que assistiram ao show. Além disso, Madonna surpreendeu os presentes no Estádio Nacional ao aparecer durante a passagem de som, cerca de quatro horas antes do show, para cantar alguns trechos de músicas com o público que já enchia o local. A arrecadação das duas apresentações da rainha do pop no Chile chegou, segundo fontes da produção, a cerca de US$ 12 milhões, um recorde no país que vai demorar a ser superado. A primeira visita de Madonna ao Chile foi intensa e breve. Ela chegou a Santiago em seu avião particular poucas horas antes de sua primeira apresentação, e sua partida para o Brasil está prevista para a madrugada desta sexta-feira. No Brasil, ela se apresentará nos dias 14 e 15 deste mês no Rio de Janeiro, e 18, 20 e 21 em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
MadonnaChileSticky & Sweet

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.