Madonna e Guy Ritchie, em crise, fazem terapia de casal

A pop star Madonna e seu marido, o Guy Ritchie, casados há seis anos, atravessam uma crise matrimonial e, em uma "desesperada" tentativa de salvar a relação decidiram fazer terapia de casal, informou a revista People. Segundo a imprensa britânica, a crise foi agravada quando Madonna decidiu adotar, contrariando Ritchie, o menino africano garoto David Banda, de 1 ano e 3 meses. Madonna e Ritchie ficaram oito dias em Maláui e conseguiram a guarda provisória de David em 12 de outubro. Yohane Banda, pai do menino, assinou os papéis permitindo que o filho fosse adotado e o juiz Andrew Nyirenda concedeu às celebridades a permissão para levar David para Londres, apesar de as leis locais determinarem que os pretensos pais adotivos devam passar um período de 18 a 24 meses vivendo no país, sendo observados e avaliados pelo serviço social de Maláui. Uma coligação de 67 grupos defensores dos direitos humanos se enfureceu com o fato e pediu permissão a Nyirenda para participar influenciar no processo de adoção. Depois de semanas analisando a requisição o juiz comunicou, no dia 29 de novembro, que os grupos poderão ajudá-lo a decidir se Madonna está apta para adotar o menino africano. A cantora americana se casou com o diretor do cinema britânico em dezembro de 2000, poucos meses depois do nascimento do filho do casal, Rocco, hoje com 6 anos. A pop star já tinha uma filha, Lourdes, de 9 anos, fruto de seu relacionamento com o personal trainer Carlos Leon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.