Madonna dedica 'Like a Virgin' ao papa durante show em Roma

A pop star Madonna, acusada pelo Vaticanode ter um dos shows mais satânicos da História, surpreendeu osfãs ao dedicar seu hit "Like a Virgin" ao papa, durante um showem Roma. "Eu dedico essa música ao papa porque eu sou uma filha deDeus. Todos vocês também são filhos de Deus", disse a "rainhado pop" de 50 anos de idade aos 60 mil fãs que assistiam aoshow da turnê "Sticky & Sweet" no sábado. Os jornais italianos elogiaram a performance da cantora echamaram a dedicatória de provocação surpreendente. "Em sua parada em Roma, Madonna não perdeu a oportunidadede fazer uma provocação que certamente será discutida", disse ojornal italiano Corriere della Sera em uma reportagem de capa. Madonna, que vem de uma família católica, despertou a irada Igreja Católica no passado, devido às suas canções de apelosexual, feitas para chocar. Em 2006, ela apareceu crucificada no palco, em Roma,despertando acusações de blasfêmia do Vaticano. O Vaticano também condenou o videoclipe feito em 1989 paraa música "Like a Prayer", que mostra cruzes em chamas, estátuaschorando sangue e Madonna seduzindo um Jesus negro. Depois, o Vaticano classificou o show como "um dos maissatânicos da história da humanidade". (Por Deepa Babington)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.