Madonna culpa mídia por alarde em torno de adoção

Madonna culpou a mídia, em entrevista à apresentadora de TV Oprah Winfrey, pelo alarde em torno de sua atitude de adotar uma criança africana de 1 ano e 1 mês, David, natural de Maláui. Foi a primeira vez que a cantora falou publicamente sobre o caso."Estou decepcionada porque isso, mais do que qualquer coisa, desencoraja as pessoas a fazerem a mesma coisa (adotar)", disse ela, referindo-se à cobertura do caso. "Eu sinto que a mídia está prestando um grande desserviço a todos os órfãos da África - não só os de Maláui". De acordo com um membro da platéia do programa de Oprah, Madonna disse que ficou assustada com as recentes afirmações do pai do menino que deseja adotar, Yohane Banda. "Eu o conheci (o pai de David), olhei nos olhos dele", contou a popstar. Banda declarou, no fim de semana, à TV Reuters, que não entendeu os papéis que assinou (permitindo que ela obtivesse a guarda provisória de David) e que não tinha intenção de dar permissão para a cantora adotar seu filho de forma permanente. O testemunho de Banda ocorreu uma semana depois de ele protestar contra grupos de direitos humanos que foram às cortes tentar impedir Madonna de adotar David, sob a acusação de que, pela lei, pessoas que não residem em Maláiu devem ficar com a guarda da criança por um ano e meio ou dois, antes de conseguir uma custódia preliminar - que Madonna já obteve. "Se minha riqueza e posição pudessem ao menos tornar as coisas mais rápidas", disse. "Eu garanto que não importa quem você é ou quanto dinheiro tem, nada é rápido na África". A cantora disse que inicialmente pensou em adotar uma criança da Etiópia ou do Quênia, por conta das vagas leis de adoção de Maláui. "Eu fui avisada de que havia a possibilidade de não conseguir adotá-lo".Em uma entrevista postada na terça-feira no site da revista Time, Banda falou que, pelo bem de David, não vai contestar a adoção. "Eu não quero que meu filho, que já foi embora, volte", disse ele. "Eu estaria arruinando seu futuro se eu fizesse isso". "David é incrível", diz MadonnaSobre a adaptação do menino em sua casa, ela contou: "David é incrível. O que está me surpreendendo é ver como meus filhos estão sendo ótimos com ele e como ele está respondendo bem à mudança". Madonna, mãe de Lourdes Maria, de 9 anos, e Rocco, de 6 anos, revelou que David, que já teve malária e tuberculose quando morava em Maláui, passa bem e tem muita saúde.Madonna e o marido, o cineasta Guy Ritchie, ficaram oito dias em Maláui e conseguiram a guarda temporária do menino. Banda assinou os papéis permitindo que o filho fosse adotado e o juiz Andrew Nyirenda concedeu às celebridades a permissão para levar David para Londres. A criança chegou no dia 17 à mansão da "nova família" na capital britânica.A popstar disse à Oprah que ela e seu marido, o cineasta Guy Ritchie, vêm pensando em adoção há mais de dois anos, e a apresentadora elogiou, no fim da entrevista, a atitude da estrela. "Eu tenho que dizer, Madonna, que o que você fez foi nobre". E acrescentou: "Essa platéia, eu sei disso, aplaude seu ato". A entrevista, gravada na terça, vai ao ar nesta quarta, no The Oprah Winfrey Show, nos EUA.Matéria ampliada às 14 horas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.