Madonna consegue permissão provisória para adotar criança

A cantora Madonna e o marido, o cineasta Guy Ritchie, conseguiram uma permissão provisória para adotar um bebê de 13 meses nascido em Maláui, país africano. O juiz Andrew Nyirenda concedeu ao casal a custódia depois que os dois apresentaram papéis de adoção a um tribunal de Lilongüe, capital do país. O pai do bebê - um menino, David - Yohame Banda, declarou que estava muito feliz pelo filho.Banda disse que se encontrou com Madonna e Guy Ritchie em uma corte, como parte das formalidades. Enquanto conversavam Madonna, que já tem dois filhos biológicos, Lourdes Maria, de 9 anos, e Rocco, de 5 anos, segurava o novo herdeiro no colo, segundo Banda. "Eles são um casal adorável", disse Banda. "Ela me fez várias perguntas e parecia muito feliz, assim como seu marido, em adotar David. Eu estou feliz pelo meu filho. Madonna prometeu que quando a criança crescer um pouco vai trazê-la aqui para me visitar". A mãe de david morreu uma semana após dar à luz.Madonna não fez nenhuma declaração desde que chegou em Maláui, no dia 4, apesar de ter aparecido em várias fotos tiradas em orfanatos que visitou como parte de um projeto de apoio à crianças portadoras do vírus da aids. Sua porta-voz, no entanto, negou que a pop star pretendia adotar uma criança africana.Em sua edição de quarta-feira, o jornal britânico "The Sun" revelou que a cantora estava em processo de adoção de um menino de 13 meses que conheceu durante uma visita a um orfanato. O jornal publicou uma foto da estrela pop com a criança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.