Madonna cai de cavalo; paparazzi nega culpa

Cantora se acidenta e diz que animal se assustou com presença de um fotógrafo; paparazzi nega sua versão

AP,

20 de abril de 2009 | 23h50

Um paparazzi que seguia a cantora e a fotografou após cair de um cavalo no último sábado, em Hampton, Nova York, negou ter sido o causador do acidente, discordando da versão dada pela cantora.

 

A porta voz de Madonna, Liz Rosenberg, disse que a cantora caiu no sábado à tarde depois que um paparazzi "saltou do meio de uns arbustos" para fotografá-la e assustou o animal.

 

"O acidente ocorreu quando o cavalo em que Madona cavalgava se assustou com um paparazzi que saiu do meio de arbustos para fotografar a cantora que visitava amigos", disse a assessora em um comunicado.

Rosenberg acrescentou que Madonna, que fez 50 anos recentemente, foi atendida em um hospital de Southampton e sofreu "lesões leves", mas que continuava sob observação.

 

O fotógrafo Thomas Hinton disse à Newsday em sua edição online deste domingo, 19, que "o único fotógrafo presente quando a cantora caiu foi Steven Klein, que a havia convidado para ir a Hampton, uma região frequentada por gente famosa no extremo leste de Long Island.

 

Hinton disse ainda que recebeu um aviso de que Madonna estava em Hampton e a fotografou antes e depois do acidente em um caminho público. Eu sustento que não estava no local quando ela caiu.

 

A polícia de Southampton Town não deu detalhes no Domingo sobre a queda, que não foi a primeira da cantora de Like a Virgin. Madonna também caiu de um cavalo na Inglaterra no verão de 2005. Nesse acidente ela quebrou três costelas, a clavícula e uma mão.

Tudo o que sabemos sobre:
madonna

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.