Joel Ryan/Invision/AP
Joel Ryan/Invision/AP

Madonna anuncia datas de turnê 'Rebel Heart'

Em dezembro, versões demo do novo álbum, o 13º de estúdio, vazaram antes do lançamento; há boatos sobre vinda ao Brasil

Reuters

02 Março 2015 | 15h15

Madonna vai começar uma turnê internacional para promover seu novo álbum, Rebel Heart, com um show na American Airlines Arena, em Miami, em agosto, anunciou a empresa promotora Live Nation nesta segunda-feira, 2.

O show de 29 de agosto vai dar início à parte norte-americana da turnê, que inclui as cidades de Nova York, Boston, Chicago, Filadélfia, Vancouver e San Juan, capital de Porto Rico.

A cantora pop, de 56 anos, vai começar o segmento europeu da turnê com um show em Colônia, na Alemanha, no dia 4 de novembro, seguindo para Londres, Paris, Barcelona e outras cidades.

Shows na Austrália e Ásia serão anunciados mais para frente, de acordo com o site oficial da cantora.

Há fortes boatos sobre a possível inclusão do Brasil na turnê de Rebel Heart, nada ainda confirmado, mas onde há fumaça... 

Na última semana, a cantora ganhadora de Grammys caiu no palco durante a performance de Living for Love, música do novo álbum, no prêmio anual da música britânica, o Brit Awards.Madonna caiu de costas de alguns degraus quando uma capa que era parte da sua fantasia ficou presa. A cantora manteve a compostura e continuou a cantar.

Durante gravação do programa The Jonathan Ross, que vai ao ar dia 14 de março na rede de televisão britânica ITV, Madonna disse que a queda não foi uma ação publicitária. A cantora adicionou que sofreu uma pequena lesão e que bateu a cabeça.

Em dezembro do último ano, versões demo do álbum Rebel Heart, o 13º álbum de estúdio de Madonna, vazaram antes do lançamento, que seria na semana seguinte. Um israelense foi preso por suspeita de invadir o computador de Madonna e de outros cantores.

Madonna respondeu à invasão liberando seis faixas do disco para venda digital no iTunes em dezembro.

Mais conteúdo sobre:
MúsicaMadonna

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.