Kiera McNally | Divulgação
Kiera McNally | Divulgação

Mac Demarco volta a São Paulo como principal atração do Balaclava Fest

DeMarco já está em terras brasileiras, dando início a uma extensa turnê pelo País, que passa também por Rio De Janeiro (dia 22), Curitiba (26), Porto Alegre (25), Recife (28) e Brasília (29)

Pedro Antunes, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2015 | 04h00

Ao fim de My House By The Water, última música do minidisco Another One, Mac DeMarco interrompe a canção de fundo, dá seu endereço e convida os ouvintes a passarem na sua casa, para uma xícara de café. O canadense – morador da casa número 6802, em Bayfield Ave, no bairro Queens, em Nova York, caso queira dar uma passada por lá também –, recebeu algumas centenas de pessoas que ouviram esse convite e se dispuseram a ir até a morada erma do rapaz de 25 anos, localizada a uma hora de carro do centro de Manhattan.

Essa é somente a última maluquice do atual “maluco beleza” da música indie internacional. É adorável, porém doidinho, assim como as canções que, desde o primeiro álbum oficial dele, o torto Rock and Roll Night Club (2012). Ele, que lotou a choperia do Sesc Belenzinho, em São Paulo, no ano passado, está de volta à cidade neste sábado, 21, como principal atração da segunda edição do festival Balaclava Fest, realizado na Audio Club. Veja a programação completa, com boas bandas nacionais, caso da instrumental Mahmed e a sempre instigante Terno Rei, abaixo.“Achei que seria uma ideia divertida”, conta o músico não muito falante naquele dia, ao comentar a proposta de chamar os fãs para tomar café. “Muitas pessoas foram até lá. Umas centenas, acho, não fiz a conta. É claro, havia umas pessoas esquisitas, mas a grande parte das pessoas só achava curiosa a proposta de ir até lá. Foram muito respeitosas também.”

 

DeMarco já está em terras brasileiras, dando início a uma extensa turnê pelo País. Na sexta-feira, 20, ele se apresentaria no festival Se Rasgum, em Belém do Pará. Depois de São Paulo, ele toca no Rio De Janeiro (dia 22), Curitiba (26), Porto Alegre (25), Recife (28) e Brasília ( 29).

“Tenho ótimas recordações daqueles shows que fiz em São Paulo, embora não saiba dizer se algo aconteceu em um dia ou no outro”, comenta. “Mas lembro de carregar aquele rapaz que produziu aquela turnê, o Bruno (Montalvão, da Brain Productions, também responsável por essa turnê, ao lado do selo Balaclava), nos ombros. Foi ótimo.”

Desde a última passagem por aqui, DeMarco tem vivido uma ótima fase. O álbum lançado naquele ano, Salad Days, entrou na seleção de melhores gravações do ano em algumas publicações relevantes.

Na vida pessoal, a namorada dele, a também canadense Kiera, conseguiu permissão para morar em Nova York com ele. Do novo cotidiano, nasceu o mais recente trabalho, Another One, considerado um minidisco, por ter apenas 23 minutos. São oito canções, tão desleixadas quanto ele, entorpecidas de nicotina, mas igualmente adoráveis.

PROGRAMAÇÃO

Palco principal 

22h10 às 22h45 – Mahmed 

23h30 às 0h05 – Terno Rei

0h30 às 1h50 – Mac DeMarco

Clubinho 

21h30 às 22h05 – Jovem Palerosi

22h50 às 23h25 – Nuven 

01h55 às 2h30 – Séculos Apaixonados

Tudo o que sabemos sobre:
Sesc BelenzinhoSão PauloMúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.