Instagram
Instagram

Lyle Mays, tecladista de Pat Metheny, morre aos 66 anos

Músico lutava contra 'uma doença recorrente', diz comunicado

Redação, O Estado de S. Paulo

11 de fevereiro de 2020 | 18h31

O tecladista Lyle Mays morreu na segunda-feira, 10, aos 66 anos. O músico fez parte do grupo do guitarrista Pat Metheny.  "É com muita tristeza que temos que relatar a morte de nosso amigo e irmão, Lyle Mays (1953-2020). Ele faleceu hoje em Los Angeles, depois de uma longa batalha contra uma doença recorrente, cercada por entes queridos", afirma nota publicada no site da banda.

Premiado com 11 Grammys por sua participação na banda de Metheny, ele nasceu em Wausaukee, Wisconsin, e começou a tocar teclados ainda criança e se aproximou do jazz contemporâneo. O músico gravou cinco discos solo e também compôs a trilha do filme A Traição do Falcão (1985), protagonizado por Sean Penn e Timothy Hutton. Mays também trabalhou com a cantora Joni Mitchell.

Tudo o que sabemos sobre:
Pat Methenymúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.