Lucro da Time Warner cai no primeiro trimestre de 2009

Grupo é o maior do ramo de comunicação em nível mundial; lucro caiu 14,26% em relação ao ano passado

EFE,

29 de abril de 2009 | 15h52

O grupo Time Warner, o maior do ramo de comunicação em nível mundial, registrou lucro líquido de US$ 661 milhões no primeiro trimestre deste ano, 14,26% a menos do que no mesmo período do ano anterior, informou hoje a empresa.

 

O ganho por ação foi de US$ 0,55, comparado com os US$ 0,64 obtidos nos três primeiros meses de 2008, quando contabilizou um lucro de US$ 771 milhões.

 

A receita da empresa ficou em US$ 6,945 bilhões, 7% a menos do que há um ano.

 

O ganho por ação, excluindo-se gastos extraordinários, superou as previsões dos analistas, embora a receita tenha ficado abaixo do esperado.

 

A renda da AOL, sua companhia de internet, caiu para US$ 867 milhões, 23% a menos do que no primeiro trimestre de 2008.

 

A receita da divisão de televisão da Time Warner subiu 6% e chegou a US$ 2,8 bilhões. Já o departamento de cinema teve queda de 7% em sua renda, ficando em US$ 2,6 bilhões, enquanto que o de publicações caiu 23%, para US$ 806 milhões.

 

JeffBewkes, presidente e executivo-chefe da Time Warner, manifestou em comunicado de imprensa que os resultados do primeiro trimestre mantêm a empresa no rumo para atingir seus objetivos para o resto do ano.

 

Além disso, considerou que, com a separação da Time Warner Cable, completada em 12 de março, a Time Warner se transformou em uma empresa mais centrada em conteúdo.

 

As ações de empresa subiam 6,57% (US$ 1,42) e eram negociadas a US$ 23,18 dólares na abertura do pregão desta quarta, 28, na Bolsa de Wall Street.

Mais conteúdo sobre:
Time Warnertrimestre 2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.