Lou Reed faz show fechado para banqueiros em Paris

O músico Lou Reed fez um show fechado para um grupo de 500 banqueiros e executivos em Paris, na segunda-feira. Reed tocou no teatro da Avenue Montaigne, conhecida pelo grande número de lojas de alta costura, próximo à Champs Elysées. "Adoro Paris", disse o nova-iorquino de 65 anos, recebendo os aplausos da platéia, a maioria na meia idade. O show, que não era aberto ao público, foi organizado pela financeira francesa Carmignac Gestion. "Nós oferecemos algum dinheiro e ele veio", disse um executivo envolvido na organização do evento. Muitos chegaram à apresentação após passar o dia no escritório lidando com a queda dramática das bolsas de valores européias. Diversos banqueiros digitavam em seus Blackberries e analisavam dados antes de Reed subir ao palco. Reed ficou famoso entre o final dos anos 1960 e início da década de 1970 como membro do Velvet Underground. A banda era promovida pelo artista Andy Warhol e incluía a modelo européia Nico. Após sair do Velvet Underground, Reed embarcou numa longa e bem-sucedida carreira solo, que produziu sucesso como "Walk On The Wild Side", uma canção-crônica sobre prostitutas, travestis e outros personagens da Nova York do início dos anos 1970. (Reportagem de Sudip Kar-Gupta)

REUTERS

22 Janeiro 2008 | 15h32

Mais conteúdo sobre:
MUSICA LOUREED

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.