Los Hermanos apresentam "Ventura" em SP

Se a intérprete da vez é a Maria Rita, o compositor da hora é Marcelo Camelo. O músico dos Los Hermanos teve três músicas suas incluídas no festejado disco de estréia da cantora: Cara Valente, Santa Chuva e Veja Bem Meu Bem. Somam-se a isso os fatos da banda carioca ter Caetano Veloso entre seus fãs, colecionar críticas elogiosas e ter um público cativo para perceber que os Hermanos são o destaque do atual cenário da música pop brasileira. Mesmo assim, o vocalista e guitarrista Rodrigo Amarante não aceita o adjetivo "cultuado" para classificar o grupo - que se apresenta hoje, às 22h, no Credicard Hall. "Tem gente que gosta muito do nosso som e tem gente que acha uma droga. Não somos cultuados", afirma. Amarante avisa que a banda vai levar ao palco as músicas de seu último disco, Ventura, praticamente no mesmo formato em que foram gravadas. "Depois da gravação, as músicas ganham algumas coisas novas nos shows - mas são detalhes, nada que surpreenda os fãs", diz. "Esse disco tem uma particularidade porque pode ser tocado exatamente como foi gravado - diferente do Bloco Do Eu Sozinho, que tinha várias camadas, instrumentos de sopro. Em Ventura não, gravamos exatamente com o que a gente tem." Os fãs também não devem esperar por execução de versões - como as que circulam pela internet de Last Nite (Strokes), Ciúme (Ultraje a Rigor), Ainda é Cedo (Legião Urbana), Traumas (Roberto Carlos) e Palo Seco (Belchior). "A gente nunca foi de fazer muito cover em show, nunca achamos necessário", diz Amarante. "Gostamos de tocar as nossas músicas." O show de hoje é o primeiro oficial na cidade desde o lançamento de Ventura. Los Hermanos - Somente hoje às 22h no DirecTV Music Hall: Av. Jamaris, 213, tel. 8646-6040). Ingressos a R$ 40 (platéia) e R$ 60 (camarotes).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.