Londres reedita o Live Aid

A segunda versão do Live Aid, um show de rock e pop realizado pela primeira vez em 1985, vai acontecer novamente em outubro, segundo informou o jornal The Sun. Várias estrelas do mundo da música estão sendo convidadas a participar deste concerto que será realizado no Estádio Millenniun, em Cardiff, para arrecadar fundos para o tratamento de aidéticos, mas ninguém confirmou participação até agora, segundo informou hoje a BBC. Entre eles, Madonna, Robbie Williams, George Michael, Bee Gees, The Backstreet Boys, Debbie Harry, Barry Manilow e S Club 7.O concerto, previsto para o dia 20 de outubro será televisionado pela BBC One e arrecadará fundos para a organização de caridade Red Hot Aids Charitable Trust. O apresentador do novo Live Aid, Midge Ure, colaborou junto com Bob Geldof na organização da primeira versão do show, que alcançou uma arrecadação de mais de US$ 100 milhões para as vítimas da fome na África. Naquela ocasião, o concerto ocorreu simultaneamente no estádio de Wembley, em Londres, e no estádio JFK, na Filadélfia, Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.