Divulgação
Divulgação

Lollapalooza atribui problemas técnicos a servidores sobrecarregados

Organização justificou as dificuldades enfrentadas pelos usuários ao número de acessos no site, que teria superado as expectativas

estadão.com.br,

22 de novembro de 2011 | 16h20

SÃO PAULO - A Geo Eventos, empresa responsável pela organização do Lollapalooza no Brasil, emitiu um comunicado na tarde desta terça-feira comentando as dificuldades enfrentadas pelos consumidores interessados em adquirir ingressos para o festival na pré-venda.

 

Alguns usuários cadastrados, que teriam direito de comprar as entradas neste período, reclamaram que as senhas enviadas por e-mail não funcionavam. A empresa atribuiu todos os problemas técnicos ao número de acessos no site oficial, que superou as expectativas, sobrecarregando os servidores.

 

De acordo com a Geo, a manutenção na base de dados está sendo realizada neste momento, e as atividades devem ser normalizadas em breve. A pré-venda vai até o dia 4 de dezembro, ou até a quantidade disponibilizada (20% da carga total) esgotar.

 

O vazamento de informações pessoais de alguns usuários do site não foi abordado no comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
Lollapalooza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.